segunda-feira, 6 de abril de 2015

Revolução Industrial e as transformações no espaço geográfico.

A Revolução Industrial e as transformações no espaço geográfico.


A Revolução Industrial provocou uma intensa transformação no processo produtivo existente até então. Substituiu a produção artesanal pela produção em série, isto é, aquela feita em grande quantidade em com um padrão comum, marcada pela utilização da máquina e que tem fábrica como local de produção. Tendo ínicio na Inglaterra, no século XVIII, foi somente do século XIX que essa forma de produção irradiou-se para outros países Europeus, como França, Bélgica, Holanda, Alemanha e também para os EUA, no continente Americano.A partir do século XVIII, e principalmente do século XIX, a Inglaterra aproveitou-se de ter sido o berço da Revolução Industrial e tornou-se uma grande potência econômica mundial.Esse poderio refletiu-se também no Brasil. Interessado no mercado Brasileiro, o governo da Inglaterra apoiou nossa independência. Também defendeu o direito dos escravos à liberdade, com o objetivo de expandir o mercado consumidor dos seus produtos, uma vez que os escravos passariam a ser trabalhadores livres e, portanto, assalariados.A industrialização ocorreu sobretudo em países que dispunham de condições ou características para ser industrializado, tais como: muito capital desenvolvimento técnico, matérias-primas, emergia, mão-de-obra abundante, além de felicidades de transportes e mercado consumidor. Esses países acabaram exercendo forte dominação econômica sobreos demais continentes, notadamente na América. O novo mundo foi explorado, principalmente pela Inglaterra, que desejava encontrar matérias-primas para suas fábricas. A Revolução Industrial orignou novo espaço geográfico. A paisagem foi se alterando com um aumento significativo dos elementos culturais: novos locais para a produção (as fábricas) e crescimento do espaço urbano, pois muitas pessoas deixavam o campo e migravam para as cidades, em buscas de empregos nas fábricas ou nos setores de prestação de serviço gerados pelas atividades industriais.Muitas cidades européias tiveram aumento extraordinário de sua população em um período de aproximadamente 50 anos.Com a Revolução Industriais surgiram novas relações de trabalho. O homem, que antes recebia parte da produção como pagamento pelo serviço passou a vender sua força de trabalho e a receber como pagamento um salário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Textos de Apoio - 8º Anos A, B, C, D, E e F - Escola Sylvio Maya - 3º Bimestre

Apostila Volume II - 3º Bimestre - Professora Daiane - Geografia - 8º Anos Situação de Aprendizagem 1 -  A apropriação desigual dos rec...